João Berhan

20 de Julho | 22:00h

Casa Branca

Palco Freixo

joaoberhanBerhan é basco, ou etíope, ou persa. João é de Lisboa. Em 2010 compôs as primeiras canções, gravou em casa um inopinado e incógnito disco de estreia (Toda a Gente a Fugir para a Frente, 2012) e cantou-o pelo país. Para chegar a 2018, serviu à mesa, traduziu livros infantis, praticou apneia nas profundezas disruptivas do corporate marketing e fez um filho.

O resultado deste trajeto sinuoso é o seu segundo longa-duração, composto com doce indolência e gravado por pura gentileza – com Diogo Picão no saxofones, Ricardo Ribeiro nos clarinetes, Baltazar Molina nas percussões, Miguel Gelpi no contrabaixo, Teresa Campos na sinfonia de vozes. Roupa Nova, de 2018, é um disco de canções raras, com coisas para dizer.
João Berhan traz à Pré0cupada um concerto a solo, ao piano e à guitarra, refinado por uma digressão que deixou marcas no Belém Art Fest (Lisboa), no Festival Santos da Casa (Coimbra), nas Oficinas do Convento ou, recentemente, no Rádio Faneca (Ílhavo).